Páginas

sexta-feira, 23 de outubro de 2015

GRAÇA E PAZ, O QUE SIGNIFICAM:

Essa saudação é muito comum nas escrituras e nós vamos encontra-la em todas as epístolas escritas por Paulo, nas duas cartas de Pedro e no livro do Apocalipse.
Paulo apenas troca as palavras, as vezes ele diz diretamente graça e paz, ou graça a vós e paz, a Tito e Timóteo ele saudou, graça misericórdia e paz. Mas o que Paulo queria comunicar as igrejas com essa saudação?

Paulo sempre diz sempre que a graça e a paz era da parte de Deus nosso Pai e do Senhor Jesus Cristo. Segundo os comentários do Pr. Hernandes Dias Lopes, tanto a graça quanto a paz são dádivas divinas à igreja. E impossível pertencer à igreja sem ter graça e paz. A graça é o amor imerecido de Deus aos pecadores, revelado em Cristo. A paz é o estado de reconciliação com Deus desse pecador salvo pela graça. Então a saudação de Paulo dizia aquelas igrejas que elas haviam sido alcançadas por essa graça e paz.

A graça indica sempre algum dom absolutamente gratuito e totalmente imerecido, enquanto a paz é o bem-estar que os homens desfrutam mediante a graça. A graça é a planta; a paz é o fruto. A graça é a causa da salvação; a paz, seu resultado. Graça e paz.


O apóstolo Pedro desejava que essa graça e essa paz fossem multiplicadas na vida de cada um, e ele disse que isso vem pelo conhecimento de Deus e do Senhor Jesus Cristo (II Pe 1.2). Então busque conhecer a Deus e a Cristo, pois isso já é fruto da graça.

Pr. Eronildo Rodrigues.

sexta-feira, 13 de março de 2015

A perigosa influência da televisão

Portas a dentro, em minha casa, terei coração sincero. Não porei cousa injusta diante dos meus olhos; aborreço o proceder dos que se desviam; nada disto se mepegará (SI 101.2,3).


A televisão é uma das mais fantásticas invenções dos tempos modernos. Ela trouxe inúmeros benefícios à sociedade. A comunicação tornou-se precisa, ágil e global. Ela encurtou as distâncias, democratizou a informação e abriu os canais do conhecimento para todos, em todos os lugares do mundo. Não obstante os grandes benefícios trazidos pela televisão, ela, também, pode tornar-se um grande perigo para a sociedade. Exatamente por sua poderosa influência, quando mal usada, torna-se perigosa. John Stott, ilustre escritor britânico, no seu livro Eu creio na pregação, alerta sobre alguns perigos da televisão:


 
A preguiça mental
A televisão tende a tornar as pessoas mentalmente preguiçosas. Ela atrai, seduz, vicia e manipula as pessoas. E surpreendente a quantidade de tempo que as pessoas passam diante da televisão. Em média, as pessoas gastam de três a cinco horas por dia diante da televisão. A televisão torna-se um vício, e esse vício leva as pessoas a se tornarem passivas. Elas deixam de pensar e tornam-se preguiçosas mentalmente. A televisão tende a destituir nas pessoas a capacidade da crítica intelectual, produzindo nelas uma verdadeira flacidez mental.

A confusão psicológica
A televisão tende a tornar as pessoas psicologicamente confusas. Idéias, conceitos, valores, filosofias e crenças são despejados diante das pessoas, e muitas vezes elas não têm o discernimento necessário para filtrar o que é certo e errado. A perda do senso crítico e a incapacidade de avaliar o que está por trás das propagandas, das telenovelas, dos filmes e até mesmo de alguns documentários e noticiários produzem uma confusão psicológica de graves conseqüências.
 
 
A desorientação moral - A televisão tende a deixar as pessoas em desordem moral. A vasta maioria dos programas, especialmente aqueles que dão mais ibope, estão eivados de valores éticos distorcidos e até mesmo nocivos para a família. A violência veiculada na televisão é uma verdadeira escola do crime. As telenovelas fazem apologia da infidelidade conjugal. Os valores morais absolutos são tripudiados, e a flacidez moral é enaltecida. Aqueles que se viciam na televisão alienam-se dentro de casa, matam a comunicação familiar e se intoxicam com conceitos liberais e permissivos que conspiram contra a família e provocam verdadeira confusão moral.


 A exaustão emocional - A televisão tende a tornar as pessoas emocionalmente insensíveis. As tragédias do mundo inteiro são despejadas dentro da nossa casa, e não temos tempo para deglutir todas essas coisas. No afã de retratar a realidade, a televisão torna-se formadora de opinião, induzindo as pessoas às mesmas práticas que ela divulga. A violência e a imoralidade andam de mãos dadas na televisão. Dessa forma, ela não apenas retrata o que existe na sociedade, mas torna-se uma mestra dessas  mesmas nulidades.
 
O esfriamento espiritual - A televisão tende a deixar as pessoas apáticas espiritualmente. Muitas pessoas trocam o culto devocional pela televisão. A tela cheia de cor e imagem ocupa o lugar da leitura da Palavra de Deus e da prática da oração. A comunhão com Deus e com os membros da família é substituída pelo vício perigoso da televisão. Que Deus nos dê discernimento para separarmos o precioso do vil e restaurarmos o altar do Senhor em nossa casa.
 
Fonte: Livro Mensagens Selecionadas
Autor: Hernandes Dias Lopes

quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

CRESCEI NA GRAÇA E NO CONHECIMENTO DE CRISTO.

Antes, crescei na graça e no conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. A ele seja a glória, tanto agora como no dia eterno. II PEDRO 3.18

Em vez de dar atenção às heresias dos escarnecedores, os crentes são desafiados a se apegarem ainda mais à Palavra. Quanto mais os crentes se alimentarem da Palavra, mais crescerão na graça e no conhecimento de Jesus Cristo.
Quanto mais conhecermos a Cristo, mais cresceremos na graça. O conhecimento de Cristo é a raiz; a graça é o fruto. Não se trata apenas de conhecer um dogma, mas de conhecer uma Pessoa. Não é conhecimento a respeito de alguém, mas intimidade com esse alguém. Não se trata de conhecer qualquer pessoa, mas a Pessoa bendita de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. O conhecimento não é apenas teórico, mas experimental.
 
Há aqui um equilíbrio fundamental: conhecimento e graça; mente e coração, verdade e experiência. O conhecimento sem a graça é uma arma terrível, e a graça sem o conhecimento pode ser extremamente superficial. Combinando os dois, porém, temos uma ferramenta maravilhosa para edificar outras vidas e a igreja. Devemos sempre manter o equilíbrio entre a adoração e o serviço, entre a fé e as obras.
 
 
Extraído do comentário bíblico de II Pedro.
Autoria do Pr. Hernandes Dias Lopes
 


sábado, 20 de setembro de 2014

HÁ PERDÃO E RESTAURAÇÃO DE DEUS PRA VOCÊ.

"Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça." 1 João 1:9
Precisamos ter uma visão dagraça perdoadora de Deus (Is 6.6,7). Não há perdão onde não há confissão. Hoje pregamos a fé sem o arrependimento, a salvação sem a conversão. Deus é Deus de perdão. Você pode ser transformado hoje. Seu vocabulário pode mudar. Seu coração pode mudar. Uma fonte de vida pode brotar do seu interior. Você pode ter uma mente pura, um coração puro, um namoro puro, um casamento santo.
 
A mulher samaritana recebeu uma nova vida; Zaqueu achou paz para o seu coração; a mulher pecadora foi perdoada; Bartimeu teve seus olhos abertos; o leproso foi purificado; o ladrão foi recebido no paraíso. Cristo pode agora mesmo libertá-lo também. Pode perdoar o seu pecado e fazer de você uma nova criatura.
 
Extraído do livro: COM JESUS NA ESCOLA DA VIDA
Hernandes Dias Lopes.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...